| outros espaços?

? outros espaos-01

+ English version at the bottom of the page

| o quê?

[ outros espaços ] é o projecto piloto de um conjunto de projectos direccionados à reabilitação de espaços públicos em ARUs (Áreas de Reabilitação Urbana identificadas pelo IHRU) e outros contextos urbanos onde se verifica a negligencia e abandono de espaços comuns/partilhados. [ outros espaços ] é uma iniciativa do atelier urban nomads que propôs uma colaboração com a Câmara Municipal de Beja, e outros parceiros locais nomeadamente a Junta de Freguesia de Santiago Maior e São João BaptistaAssociação Sementes de VidaAssociação ArruaçaAgrupamento de Escolas nº1 Beja – Santiago MaiorAssociação de Condomínios.

Ao contrário do que normalmente acontece em projectos de reabilitação do espaço público, os princípios que regem [ outros espaços ] assentam na importância de dar voz aos residentes e utilizadores do bairro antes de ser feita qualquer proposta formal sobre qual o desenho do projecto para o espaço público exterior do bairro.

Desde que foi construído no fim dos anos 70, nunca existiu um desenho para qualquer intervenção no descampado adjacente aos prédios. [ outros espaços ] é uma oportunidade para envolver a população no desenho, concepção e construção dos espaços por todos partilhados de forma a tentar dinamizar o bairro para que todos possam usufruir, cuidar e mostrar o bairro onde moram com orgulho por fazerem parte do processo de transformação do espaço que é de todos.

 

| como?

atelier urban nomads (plataforma de arquitectura, urbanismo e arte), que iniciou o projecto, serve de mediador entre a Câmara Municipal de Beja, residentes e associações locais. Entre Dezembro de 2014 e a Primavera de 2016, o atelier irá organizar várias actividades no descampado do bairro elaboradas com a participação dos alunos da turma do CEV da Escola EB2 Santiago Maior em colaboração com os outros parceiros principais.

Iremos iniciar o processo de [ outros espaços ] com Inquéritos porta-a-porta; Conversas no sofá sobre o bairro e sobre Beja; Plenários; Encontros à Mesa; Filmes de animação; Maratonas de Desporto; Concursos de Lavoures; Construção de Jardins Efémeros; Teatro e danças de Rua; Construção de Maquetes do Bairro; Registos fotográficos e Mapeamento de registos do dia-a-dia dos moradores. A participação de todos os moradores é fundamental para o sucesso do projecto. [ outros espaços ] é um projecto de todos e para todos os que habitam e visitam o Beja II.

Após a fase de reconhecimento do terreno, esperamos conseguir construir algumas das infraestruturas necessárias para a implementação de algumas das sugestões feitas pelos moradores. Para tal necessitamos da contribuição e auto-iniciativa de todos.

 

| quando?

O projecto desenvolve-se ao longo de 2 fases.
A 1ª – entre Dezembro de 2014 e Junho de 2015 – iremos organizar actividades com o objectivo de identificar quais os interesses, motivações, ideias e sugestões dos residentes em relação aos espaços exteriores do bairro. Cada actividade será anunciada com um poster que apela à participação de todos os interessados. Sendo esta uma oportunidade única de ouvir as sugestões da população, é importante que todos ajudem a divulgar o projecto e participem nas actividades organizadas para que aos poucos consigamos começar a desenhar novas propostas em conjunto.

A 2ª – entre Outubro de 2015 e Abril de 2016 – visa materializar algumas das sugestões e ideias recolhidas ao longo da 1ª fase. Procuramos envolver os moradores interessados na construção e em programas de manutenção para os espaços e actividades que iremos construir de forma a que o projecto possa ganhar vida própria após desenvolvido um trabalho colectivo com todos os participantes.

 

| porquê?

O Bairro Social Beja II reune cerca de 300 fogos. Contudo, não oferece qualquer espaço exterior apelativo onde os morados se possam reunir para conviver, onde as crianças possam brincar e os idosos partilhar algumas das suas experiências de vida com os mais novos. Há uma tendência natural na população para na sair de casa o que contribui para um envelhecimento precoce tanto dos habitantes como do bairro em si. A dimensão do espaço descampado é um luxo que poucos bairros têm e, como tal, um desperdício no que diz respeito ao seu aproveitamento.

Embora o bairro apresente cerca de 300 fogos e uma grande concentração de associações, o diálogo entre uns e outros é escasso ou inexistente. Não aparenta existir um espírito de comunidade.

Nos tempos que correm com a escassez de verbas e o isolamento da população, [outros espaços] é uma oportunidade para, em conjunto, re-activar um espaço que é de todos e para todos.

 

| onde?

[ outros espaços ] centra-se no grande descampado entre os vários edifícios residenciais do Beja II. Contudo, dependendo do sucesso da intervenção, esperamos poder alargar o projecto a outros recantos do bairro que também apelam à apropriação.

O descampado, onde de momento se encontra um campo de jogos um pouco precário, tem o potencial de acolher inúmeros pequenos espaços ajardinados, espaços de desporto e de laser que possam vir a ser utilizados por todos. A divisão do espaço em parcelas de menor escala irá depender das sugestões e necessidades dos moradores.

Pretendem-se criar pequenos grupos que poderão ficar responsáveis por diferentes zonas do espaço partilhado, conforme as actividades de interesse pessoal. Estes pequenos grupos irão ajudar a cuidar e dinamizar as diferentes parcelas de forma a manter todo o espaço partilhado activo e convidativo a usos diversificados para várias idades e interesses.

 

| quem?

Embora seja uma iniciativa do atelier urban nomads, [ outros espaços ] é um projecto colectivo que depende do envolvimento de todos nas suas diferentes fases para que as ideias e sugestões dos moradores do Beja II se venham a materializar na concepção e construção de um espaço público partilhado. Assim [ outros espaços ] depende da vontade e auto-iniciativa dos moradores e das entidades parceiras. Só assim o projecto poderá crescer e vir a valorizar o Beja II e os seus moradores. A a Câmara Municipal de Beja, e outros parceiros locais nomeadamente a Junta de Freguesia de Santiago Maior e São João BaptistaAssociação Sementes de VidaAssociação Arruaça, a turma do CEV do Agrupamento de Escolas nº1 Beja – Santiago Maior e a Associação de Condomínios são os parceiros iniciais do projecto. Contudo, funcionam apenas como uma semente da qual novas ligações deverão crescer para que o projecto possa ser abraçado com orgulho e vontade por todos os moradores do bairro vindo a destacar-se entre outras cidades do país.

– – – – –

bairro exterior

2014-10-30 16.47.12

2014-10-31 16.18.21s

playground IIs

paint jobs

Beja II : Fotografias tiradas em Outubro 2014 e Fevereiro 2015

– – – – –

| what?
[ outros espaços ] is the pilot project of a collection of projects that focus on the regeneration of public spaces in URAs (Urban Regeneration Areas – ARUs (Áreas de Reabilitação Urbana) identified by IHRU (Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana) and in other urban contexts with similar characteristics. Those  sites present signs of negligence and abandonment in the public/shared spaces. [ outros espaços ] is an initiative of atelier urban nomads. We have proposed a collaboration with the Municipality of Beja (Câmara Municipal de Beja) and with other local partners – Junta de Freguesia de Santiago Maior e São João BaptistaAssociação Sementes de VidaAssociação ArruaçaAgrupamento de Escolas nº1 Beja – Santiago Maior and Associação de Condomínios.

Opposite to what normally happens in urban regeneration projects – specially in relation to the design of public spaces – the principles that support [ outros espaços ] are based on the importance of giving a voice to the residents and users of the neighbourhood before any formal proposal is made regarding the drawings of an architectural project for the outdoors public spaces of the neighbourhood.

Since it was built, at the end of the 70s, there has never been a proposal for any sort of intervention for the public space adjacent to the buildings of Beja II. [ outros espaços ] is an opportunity to involve the local population in the drawing, concept and construction of the spaces shared by all in order to try to make the neighbourhood more dynamic so that all residents can benefit, look after and promote their own neighbourhood. A sense of pride should emerge from being involved in the transformation of the spaces that are shared by all.

| how?
atelier urban nomads (platform for architecture, urbanism and art) are the initiators of the project and work as mediators between Beja’s Municipality (CMB), the residents and the local associations. Between December 2014 and Spring 2016, atelier urban nomads will organize various activities in the  neighbourhoods’ open field with the participation of the students from CEV,  Escola EB2 Santiago Maior, and in collaboration with the other main partners.

We will begin the process of [ outros espaços ] with Door-to-door Questionnaires; Conversations at the sofa about the neighbourhood and about Beja; Assemblies; Encounters around the Table; Stop motion animations; Sports Marathons; Construction of Ephemeral Gardens; Theatre and Street Dance; Construction of models of the neighbourhood; Photographic registers and Mapping of everyday life practices of the local inhabitants. The participation of all the neighbours is crucial for the success of the project. [ outros espaços] is a project of all and for all who want to inhabit and visit Beja II.

Following the site investigation phase, we would like to be able to build the necessary infrastructure to implement some of the suggestions made by the local residents. In order to do that we need the contribution and self-initiative of everyone involved.

| when?
The project develops throughout two phases:
During the first one – between December 2014 and June 2015 – we will organize activities that aim to identify the interests, motivations, ideas and suggestions of the local residents  in relation to the external spaces in the neighbourhood. Each activity will be announced with a poster that calls for the participation of all interested parties and people. This being an unique opportunity to listen to the suggestions made by the population, it is important that all will help promoting the project and that all participate in the activities organised so that slowly we can start drawing new proposals collaboratively.

The second phase – between October 2015 and April 2016 – envisions the materialisation of the suggestions made and collected along the first phase. We intend to involve the neighbours who are interested in the construction and the maintenance programmes for the spaces and activities organised so that the project can gain autonomy once the background work has been done by all the different participants.

| why?
Beja II Housing Estate has approximately 300 dwellings. However, it does not offer any external space where the residents can meet and socialize, where children can play and elderly people can share some of their live experiences with the younger ones. There is a natural tendency for the population not to leave their homes what contributes to a precocious ageing of the neighbourhood’s inhabitants as much as of the neighbourhood itself. The size of the empty field is a luxury that very few housing estates have and, as a result, can be perceived as wasted space, due to its current lack of use.

Although the neighbourhood has around 300 dwellings and a high percentage of local associations, the dialogue between them is either scarce or non-existent. There is no community spirit.

Considering today’s scenario of crisis and the current isolation of the population, [ outros espaços ]  is an opportunity so that, together, we can re-activate a space that belongs to all and is meant to be for everyone’s use.

| where?
[ outros espaços ] focal point is in the empty field at the core of the neighbourhood. However, depending on the success of the intervention, we hope to expand the scope of the project to other locations across the neighbourhood and also scream for the appropriation of the local residents.

The empty plot, where there currently is a precarious football field, has the potential to host various small green spaces, spaces for sports and leisure which might be used by everyone. The division of the space in small parcels will result from the suggestions made by the local residents according to their needs.

We intend to create small action groups who will become responsible for the different areas of the shared space, following everyone’s personal interest. These small groups will help looking after the different zones in order to keep all the shared spaces active and inviting for a variety of uses which will appeal to all ages groups and interests.

| who?
Although [ outros espaços ] is an atelier urban nomads initiative, it is a collective project that depends on the involvement of all the different people who may benefit from it throughout its various phases. Only then can the ideas and suggestions of the neighbours of Beja II materialize in the conception and construction of a shared space. [ outros espaços ] is dependent from the will and self-initiative of the residents and partner institutions. Only then the project can grown and value the neighbourhood and its residents. Câmara Municipal de Beja, and other partners including Junta de Freguesia de Santiago Maior e São João BaptistaAssociação Sementes de VidaAssociação Arruaça, CEV’s class from Agrupamento de Escolas nº1 Beja – Santiago Maior and Associação de Condomínios are partners in  the project from its very beginning. However, they work merely as a seed from which new connections may grow so that the project can be embraced with pride by all the neighbourhood’s residents, standing out amongst other cities in the country.

Anúncios